19jun

Endometriose X disfunção sexual: o que tem a ver o útero com a calça?

O corpo da mulher ainda é um mistério sendo descoberto aos poucos. O prazer feminino, por exemplo, só começou a ser discutido depois da década de 70.

 

O que fazer com os sintomas da endometriose? 

Pasmem minha gente, mas tem gente descobrindo o clítoris agora, em 2017!

Tá, mas o que a endometriose tem a ver com isso?

De acordo com o estudo feito pela Dra. Flávia Fairbanks mulheres com endometriose têm mais que o dobro de disfunções sexuais em relação àquelas que não têm a doença.

Isso pode ser revelador pra muita gente. E com a revelação vem a dúvida: o que é endometriose?

O endométrio é o tecido que reveste a parte interna do útero e que todo mês fica mais espesso. É nesse tecidinho bendito que o óvulo fecundado se instala e começa a gravidez.

Se não tem gravidez, é o endométrio que descama e pra alegria de algumas e a tristeza de outras, a menstruação desce.

Daí que em algumas mulheres acontece um refluxo da menstruação, escapando um pouco pelas trompas. Então, células parecidas com o endométrio, começam a acumular fora da cavidade uterina.

 

O que é endometriose?

Gente, essa doença atinge tantas mulheres que precisamos muito dessas pesquisas.

Alguns sintomas que você pode observar no seu corpo são: cólica menstrual fora do período da menstruação (no meio do ciclo ou durante todo o ciclo), dor nas relações sexuais, principalmente descritas na profundidade, infertilidade e alterações do ritmo intestinal e da urina na época da menstruação.

Imagina como fica a vida sexual de uma mulher com esses desconfortos todos? Um horror, claro.

Por isso que é importante a pesquisa sobre a doença. Sempre que se pesquisa sobre algum assunto os avanços no diagnóstico e no tratamento são imensos. Então, obrigada a Dra. Flávia Fairbanks por avançar nesse assunto que pode ser mais um passo para tratar esse transtorno que aflige milhares de mulheres.

A pesquisa da Dra. Flávia, ginecologista do Hospital das Clínicas da USP, estima que 10% da população feminina apresentam essa doença e, quando são estudadas populações específicas de mulheres com dor pélvica ou infertilidade, a prevalência pode atingir até 47% dos casos.

Como ficar grávida com endometriose?

É possível diagnosticar a endometriose através de alguns exames como: ultrassonografia transvaginal e ressonância magnética. Entre outros exames complementares que podem ser pedidos também.

Mesmo sendo uma doença benigna, ainda não se sabe a causa da doença, por isso também não existem informações para preveni-la.

Descobri pelo site gineco.com.br que existem dois tipos de tratamento.

1- Tratamento cirúrgico por laparoscopia:

Dessa forma, a endometriose é removida e em alguns casos, é possível eliminar só os focos da doença ou as complicações que ela traz – como cistos, por exemplo.

2- Tratamento com medicamentos:

A alopatia é extensa então existem diversos medicamentos disponíveis para tratar a endometriose. No site também diz que é possível reduzir os sintomas utilizando o DIU com levonorgestrel.

Quem tem endometriose e quer engravidar, saiba que é possível. Converse com o seu médico. =)

 

É importante também saber que ainda não existe cura para a endometriose. Os tratamentos aliviam as dores e amenizam os sintomas todos.

O que as mulheres podem fazer para manter a saúde em dia é consultar regularmente o ginecologista.

Não sofra sozinha, mesmo ainda não tendo uma cura, os sintomas podem ser aliviados, as dores todas podem ser amenizadas e a vida sexual reativada!

 

14jun

Vestido de amamentação Rafaela e sua história

Sabe uma coisa que eu percebi?

Ainda que inconsciente, toda roupa conta e carrega consigo uma história.

Antes um aviso: pode até parecer um post filosófico, mas continua lendo comigo que acho que você pode gostar do que eu vou escrever. Prometo!

Tem a história de quem veste e a história de quem cria. Hoje vou contar a historinha do vestido Rafaela pra vocês e como foi o processo criativo dele (hummmm mitxida!).

Eu queria uma peça que pudesse refletir aquela mãe prática, pau pra toda obra, que apesar do dia a dia não abre mão do conforto, leva o filho pra cima e pra baixo e ainda assim consegue estar bem vestida! UAU, mas isso é possível?

Pode até dar uma “raivinha” ao ler o parágrafo anterior, porque eu e você bem sabemos que MÃE que é mãe dá aquela descabelada bonita e não abre mão daquele look no estilo “voltei da guerra, mas tô legal assim e AI de quem abrir a boca”.

Tá. Todo mundo tem esses momentos, e esses looks dignos de assustar qualquer criança (e que no fundo é bem libertador usá-los de vez em quando!). Mas quem não gosta de ficar bonita sem fazer muito esforço?

Pensei então nessa mulher: real, mãe, urbana, descolada, prática, básica e estilosa!

Mas quem seria essa pessoa? Aonde achar minha musa inspiradora? hehe.

Tenho acompanhado bastante a Rafa Brites no instagram, e é impossível não se apaixonar pelos textos que ela posta e seu estilo de vida e de maternidade. Aí assim, do nada, pensei: essa peça é pra ELA!

Já viram o quanto a Rafa usa e a abusa de preto e couro sempre com um bom mix básico por baixo?

Ela tem inclusive uma invejável coleção de jaquetas de couro pretas que esses dias postou no instagram dela! AMO demais essa(s) peça(s)!

Pensando então nesse mix de couro, aliado à praticidade de uma peça funcional pra amamentar e claro, usando o bom e velho pretinho básico, saiu o vestido Rafaela!

Aquela peça que te leva a vários lugares e te faz sentir bem vestida em qualquer um deles! Adoro essa versatilidade.

O tecido do vestido é um neoprene bem fininho, super confortável mas que ao mesmo tempo não deixa marcar! Tirando a facilidade pra amamentar com ele, né?

Pra comprar o seu, dá um pulinho aqui na nossa loja online!

 

 

12jun

O que a gente viu sobre maternidade por aí!

 

Dicas de como viajar grávida e com bebê

Dicas ótimas da Thais Fersoza, para viajar com o bebê.. Ela que está grávida do segundinho, o Teodoro, fez um vídeo explicando tim tim por tim tim todos os preparativos antes e durante a viagem. Ela deixa a dúvida pra gente: como será viajar com dois? Dá uma olhada aqui.

 

O use de celular por pais é um prejuízo pra crinaça?

Estamos todos inseridos na cultura digital, mas como lidar? Pra fazer essa análise, os pesquisadores da Universidade de Michigan e da Universidade do Estado de Illinois  levaram em conta questionários respondidos por pais e mães de 170 famílias. Pode ser que a gente não goste muito do resultado da pesquisa, mas vale a pena a reflexão. Dá uma olhada aqui.

 

Como lidar com os palpites durante a gravidez

Aquele momento de agradecer a Revista Crescer pelas gargalhadas da semana! Porque a gente ouve cada coisa quando está grávida, que só por Deus! Vão falar da sua roupa, vão falar do tamanho da barriga, do quanto você engordou ou do quanto você tem que engordar, vão falar do parto….e não para mais. O que você acham dessas respostinha aqui? (hahahah)

 

Dicas de como cuidar dos cachos dos filhos

Samara Felippo que têm cabelo liso, tem duas filhas cacheadas e percebeu no comportamento da filha que representatividade importa. “Alícia mesmo num momento de crise me confessou a pouca representatividade na escola, na sala de aula, nas propagandas, nos brinquedos. É essa nossa sociedade racista. Quero que ela se ame, se aceite e saiba cuidar de seus cachos maravilhosos.” Muito importante ler essa matéria e oportunizar espaços. Veja aqui.

 

Grávida usa cinto de segurança?

O ginecologista e obstetra do Hospital Israelita Albert Einstein, Dr. Eduardo Zlotnik, foi entrevistado pelo G1 e falou sobre os cuidados na hora de dirigir e deu dicas para quando estiver na direção. Entrevista de ouro! Dá uma lida aqui.

 

Inclusão no comercial da Johnsons

Precisamos dar visibilidade para a diversidade. E também acolhimento para os pais de crianças com deficiência.  A campanha da Johnson & Johnson para o último dia das mães, trouxe um bebê com síndrome de Down para protagonizar o comercial. Isso foi inédito na nossa publiciadade e é só o começo dessa discussão. A trip fez uma matéria incrível sobre isso, que você pode ler aqui.

 

Minha gravidez e a gravidez da minha mãe são parecidas

Depressão pós parto, diabete gestacional e gravidez de gêmeos são recorrentes na mesma família. Já parto prematuro e náuseas é puro mito! Não é porque sua mãe enjoou muito na gravidez dela, você vai enjoar. Mas mesmo assim várias vezes é bom recordar o passado para ver o que pode acontecer com você. Dá uma lida na matéria completa aqui.

 

 

Eliana está em repouso, saiba o que é um descolamento de placenta.

A placenta além de envolver o bebê é responsável por nutrir e fornecer oxigênio a ele pelo cordão umbilical. Quando acontece esses deslocamentos, dependendo do nível, pode haver uma interrupção no fornecimento de nutrientes e oxigênio para a criança. Descolamentos menores podem se tornar grandes, por isso o repouso. Fica paradinha aí Dona Eliana, estamos com você! Leia a matéria aqui.

25maio

5 dicas para gestante na hora de viajar

Viajar é sempre bom, a gente sempre volta outra pessoa, dá aquele gás pra seguir a vida e aquela animada pra programar a próxima viagem! 🙂

Independente disso, toda viagem tem muitos desafios, como sobreviver à vontade de conhecer 50 coisas diferentes no mesmo dia, não engordar comendo todas as mil delícias que você que experimentar (impossível resistir, né?) e por aí vai.

Mas o primeiro grande desafio é: levar uma mala que não esteja abarrotada e que você use tudo que esteja dentro.

Por que, né? Quem nunca levou um monte de roupa que não usou na viagem põe o dedo aqui que já vai fechar.

Dia desses dei uma entrevista para a Momfly sobre isso, contanto cinco itens que NÃO PODEM faltar na sua mala de viagem para compor looks incríveis.

Gostei tanto que resolvi dar uma incrementada nessa lista pra ajudar a lembrar de coisas importantes para a viagem como um todo, principalmente para gestantes.

Durante a gravidez, precisamos realmente planejar melhor, porque já temos um pesinho extra, nosso corpo tá mudando e tem coisas que realmente precisamos levar.

Vou colocar aqui alguns detalhes que fazem toda diferença numa viagem.

Como evitar de virar um baiacú

Dicas de viagem para gestante

Tem gente que já tem predisposição para retenção de líquido e durante a gravidez, quase todas as mulheres incham. Principalmente no último trimestre.

Se for viajar de avião, dê preferência a um assento no corredor. Assim você poderá caminhar um pouco durante o voo e aquele xixi que mais parece goteira também não vai incomodar ninguém! hehe.

Converse com o seu médico sobre o uso de meias de compressão. Elas podem ajudar a aliviar o inchaço e melhorar a circulação. Aquele lembrete pra mudar a posição das pernas de tempo em tempo sempre é válido.

Se você for viajar de carro, planeje paradas estratégicas para esticar as pernas e caminhar um pouco, e aquele xixizinho básico.

E sempre use roupas confortáveis! Uma legging com uma camiseta branca e um tênis é tudo que você precisa para que a roupa não se torne um fator de desconforto.

 

Enjoos: é possível vencê-los?

Isso ainda é um mistério na gestação: tem gente que enjoa e gente que não sente nada (abençoadas!).
Tem pessoas que mesmo não estando grávidas enjoam durante uma viagem.

Se você é dessas pessoas que enjoam, tem alguns truques podem ajudar, como por exemplo, ter sempre água por perto, mas tomar ao longo da viagem em pequenos goles.

Antes de viajar evite alimentos muito gordurosos como fritura e também bebidas com gás. Eles podem ser os vilões do enjoo.

Evite ler durante a viagem, foque em um ponto no horizonte e não olhe muito para os lados. Parece bobeira, mas isso ajuda.

 

Como chegar ao destino minimamente elegante

O look da viagem pode ser cool e estiloso, porque não? Mas, principalmente as grávidas, devem usar uma roupa confortável.

Como eu falei lá em cima, aposte numa legging com uma t-shirt. Você pode achar que vai ficar com cara de roupa de academia, mas com os acessórios certos, fica transformador!


Look comfy para gestante

Duda veste Blusa estica e vai da Agora sou mãe.

Gosto muito da ideia de usar uma terceira peça, para viajar é sempre bom ter a mão um casaquinho confortável e quentinho. Caso viaje de avião, a temperatura costuma sempre ficar bem baixa.

Os lenços também são versáteis e podem ser usados em qualquer estação, dependendo do material. Dá pra amarrar no pescoço, fazer de mantinha complementar e até amarrar na bolsa.

E no pé, use um tênis ou qualquer sapato flat. Por estar muito tempo sentada, seu pés poderão inchar, embora o bom mesmo é ficar com aquelas meias quentinhas e deliciosas. Adoro levar uma pantufa!

 

Look de viagem lindo e confortável

Duda veste Legging gestante Antonella da Agora sou Mãe.

Evite usar maquiagem, o avião resseca bastante a pele e começa a dar aqueeeeela agonia!

 

Uma mala versátil ou como ir de um passeio em um museu a um jantar a luz de velas, com a mesma roupa?

Grávidas ou não, como é difícil arrumar a mala! A gente quer por tudo e mais um pouco. E acabamos colocando coisas desnecessárias.

O essencial é pensar em peças básicas que combinem entre si. Pra isso tente manter uma paleta de cores básicas e separe alguma opção de terceira peça que dê mais personalidade pro seu look.

Essa terceira peça é aquela que também pode te salvar caso dê uma esfriadinha inesperada.

Nosso vestido midi por exemplo é a peça ideal para esse tipo de situação. Básico e versátil você pode ir da feira ao baile com ele. Dá uma olhada nele na loja Agora sou Mãe

 

Quero dar a volta ao mundo em uma semana

Tanta coisa nova pra ver, muito passeios a fazer e pontos turísticos a visitar, você pode ficar exausta.

Por isso, é importante fazer um planejamento sem muitas expectativas. Vá ao essencial e reserve um tempo no seu roteiro para descansar e relaxar.

Seu corpo não tem mais a mesma disposição de antes porque tá fabricando um bebê! Que tal fazer uma massagem? Tirar umas horinhas do dia para uma soneca?


Durante a viagem tire um dia de folga

Uma viagem também serve para descansar, fugir a rotina corrida, então, aproveite! Descanse em determinados períodos da viagem para recarregar as energias.

Independente do destino, toda gestante deve ter na mala o filtro solar. É preciso passar todos os dias para evitar as temidas manchas na pele, também conhecidas como melasma. Ui, sai de mim!

Os médicos indicam que o melhor momento para viajar é o segundo trimestre de gravidez. Porque o tamanho da barriga ainda não incomoda e o risco de acontecer algum problema na gestação é menor.

 

De qualquer forma é sempre importante consultar seu médico e estar com o pré natal em dia pra evitar riscos.

Feito isso, é só aproveitar e boa viagem!

 

07abr

Respostas para dúvidas, gravidez e amamentação em 5 posts

Desde as grandes dúvidas da moda até a recém divulgada gravidez da apresentadora Eliana, tem de tudo nesse resumão.

 

O mundo é diverso e cheio de descobertas, né nom?

 

Vem comigo!

 

O que é mais pesquisado no mundo da moda?

No ano de 2016 as dúvidas mais frequentes sobre moda pesquisadas no google tem a ver com o faça você mesmo. Acredite se quiser! Essa matéria vai responder 8 dessas questões mais buscadas. Entre elas: “Como tirar tinta de roupas?”. Veja as respostas aqui.

 

Mãe do baterista do nirvana escreve um livro

Virginia, a mãe do ex baterista do Nirvana resolveu escrever um livros entrevistando outras mães de astros do roque. Ela resolveu escrever esse livro porque raramente encontrava as mães dos músicos nos shows. Gente, imagina o coração dessas mãezinhas? Confere aqui.
Aleitamento exclusivo, quem descobriu isso?

O resultado das pesquisas do professor César Victora sobre aleitamento exclusivo deu origem a uma política de governo no Brasil. O aleitamento exclusivo passou a ser recomendado por organismos internacionais de saúde e voltados para a infância, como a Organização Mundial da Saúde (OMS) e Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef). Que orgulho, né?! Leia a matéria toda aqui.

 

Como manter o peso após ser mãe

“Temos que nos libertar de números. Eu não fiz nenhuma dieta. O que eu tive foi uma educação alimentar. Busquei os alimentos mais saudáveis possíveis.” Segredo de felicidade e da vida! Mas como é difícil, né? É cada porcaria que nois come quando as crias tão dormindo! (hahahah)

Dá uma olhada na matéria aqui.
A apresentadora Eliana está gravida aos 43 anos

Tão bonito quando as mães sentem empatia por outra mãe. Geralmente as mulheres que engravidam aos quarenta, são tão julgadas. Hoje em dia já é mais comum engravidar aos 40 viu, gente. E Eliana você é maravilhosa! Veja os depoimentos aqui.

03abr

Dicas para quem está tentando engravidar

 

Eu fico me perguntando: como é que tem mais de 7 bilhões de pessoas no mundo?

 

Gente é difícil pra caramba engravidar!

 

A cada mês uma mulher, dependendo da idade, tem até 30% de chance de engravidar. Tá, é bastante.

 

Mas também tem 15% de chance da gravidez não vingar (como dizia minha vó).

 

Sabia que tem gente que fica com as pernas pra cima pra ajudar o espermatozoide a chegar no óvulo?

Será que as simpatias para engravidar funcionam?

É daquele tipo de simpatia que a ciência não explica e também não assina embaixo (mas quem tá tentando sempre faz hahaha).

 

Em um artigo publicado recentemente pela revista “Fertility and Sterility”, especialistas da reprodução humana comentaram sobre fertilidade.

 

Tem algumas informações que podem ajudar os tentantes:

 

1) Ih, Ficou pra titia! Fertilidade X Idade

 

As mulheres estão no auge da fertilidade nos 20. Nos 30 essa taxa cai na metade e segue caindo! (mas é possível engravidar aos 40 e a gente já sabe, né)

Te ajudando a engravidar em 5 passos

Então, não encana se alguém fizer essa piadinha de 1830!

 

Diga: Meu bem, estamos em 2017!

 

2) Quadradinho de 8! Frequência de relações

 

Quando mais tchaca tchaca na butchaca melhor é a contagem de espermatozoides.

 

É aquela históriA, quanto mais você joga na mega sena, mais chances você tem de ganhar.

 

O estudo aponta que uma abstinência maior que 5 dias pode ser prejudicial.

 

Então, quanto mais melhor, mas se isso for causar tensão é pior. O stress associado com a tentativa de engravidar pode reduzir a vontade de transar. Daí já viu a bola de neve, né.

 

3) Você vem sempre aqui? Janela de fertilidade

 

Esses são os dias pra dançar na boquinha da garrafa (hahaha).

 

A ‘janela de fertilidade’ é o período de seis dias (varia de acordo com o ciclo de cada mulher)  durante o ciclo menstrual em que é possível engravidar.

 

É sério, pode caprichar na sedução que esses são os seus dias férteis.

 

4) Kama sutra vem ni mim! Práticas durante o sexo

 

A melhor informação da vida: o orgasmo feminino pode impulsionar a chegada dos espermatozóides no óvulo!

 

Ta bem? Então, tá bem.

 

Ah! Tem alguns lubrificantes que podem prejudicar a mobilidade dos espermatozóides. É melhor usar lubrificantes de óleo mineral, óleo de canola ou com base de hidroxietilcelulose.

 

5) Dieta e Estilo de Vida. Porque tudo tem que envolver dieta?

 

No artigo diz que mulheres muito magras ou obesas tem taxas de fertilidade menores. Acredito que deve se aplicar aos homens também.

 

O melhor sempre e pra tudo é ter um estilo de vida saudável. (o que não é novidade né nom?)

 

Consumo exagerado de frutos do mar, que tem muito mercúrio, podem provocar um aumento da infertilidade.

 

6) Um vinhozinho não faz mal a ninguém! Álcool

 

As influências do álcool na fertilidade masculina e feminina, ainda não está muito bem definida.

 

Os especialistas em fertilidade sugerem evitar o consumo excessivo. (custa nada tentar)

 

7) Sem café, como lidar? Cafeína

 

O excesso do consumo de cafeína (cerca de 5 copos) pode estar associado à diminuição da fertilidade.

 

E durante a gestação, o consumo de 2 a 3 copos por dia de café, pode aumentar as chances de aborto. (choquei! parece uma bebida tão inofensiva!)

 

Melhor coisa é consumir moderadamente!

Dicas para engravidar

 

Se você tá tentando faz um ano, sem nenhum tipo de precaução, e nada, é legal procurar um médico para avaliar.

Nada melhor do que tirar aquela pulguinha de traz da orelha!