03out

Confessionário Materno com Loreta Berezutchi

A entrevistada de hoje é uma pessoa muito especial! A Lore é a dona do blog Bagagem de Mãe e é a responsável por mobilizar e reunir tantos blogs bacanas, me ensinou muito sobre esse trabalho. Além de tudo, é uma mãezona mega disposta! Tiro meu chapéu pra ela.

loreta

Nome Completo: Loreta Berezutchi

Nome dos filhos e idade: Pedro 6 anos e Catarina 3 anos

Gravidez Planejada? Como foi? A do Pedro foi super planejada, antes de engravidar dele eu havia sofrido 2 abortos e então, a expectativa pelo primeiro filho era enorme! Com a Cacá foi um susto, por causa das complicações anteriores e do tratamento de hormônios e tals eu achava que não poderia engravidar de novo e na verdade, morria de medo de começar tudo de novo e daí, ela veio, sem precisar fazer nada, alem do óbvio, né? hehehe

Como é sua rotina e da sua família? Aqui em casa temos “papéis” bem definidos, apesar de o marido sempre ajudar quando pode, como passo mais tempo com as crianças eles sabem que quem faz a rotina, o esquema do dia, os passeios e etc sou eu. Eu planejo e executamos juntos, durante a semana eu me divido entre cuidar das crianças, da casa e do blog, que é o meu trabalho hoje em dia. Aos finais de semana gostamos de fazer passeios culturais e ao ar livre, estamos sempre programando visitas á exposições, parques, museus e etc…

Qual o melhor programa em família para as horas vagas? Dentro de casa somos super cinéfilos e adoramos fazer arte, ou estamos numa maratona de filminhos que vão desde desenhos animados dos mais variados até ficção científica (leve e que as crianças possam ver) ou estamos com algum projeto de reciclagem, guache, papel, muita sujeira, muita bagunça e muita diversão! Na rua, gostamos de passeios culturais, cinema, parques e conhecer restaurantes kids friendly.

Como é o seu trabalho e como concilia carreira e maternidade? Trabalhar com o blog me dá certa flexibilidade e liberdade de horários porém, estar em casa não é sinônimo de moleza! Eu acho muito mais difícil trabalhar aqui ao mesmo tempo em que preciso pensar no almoço, no banho, apartar as brigas e etc do que se estivesse num escritório, por exemplo. Para dar uma aliviada, as crianças estão na escola em meio período e quando tenho compromissos externos posso contar com o apoio da vovó. Acho que o grande segredo é este, cercar-se de apoio.

Como funciona a divisão das tarefas na sua casa? Conta com alguma ajuda ou encara tudo sozinha? E o marido.. participa de fato? Então, desde o ao passado que eu resolvi fazer um “detox” de empreguete, estava me sentindo super dependente da ajudante e resolvi encarar as tarefas domesticas sozinha, não tem sido fácil, com o ritmo de trabalho aumentando muito (graças a Deus) conto com a ajuda do marido aos finais de semana. Ele põe a mão na massa mesmo, me ajuda com as crianças e até com a faxina, temos um ritmo de parceria bem bacana o que acontece, ás vezes, é que por conta do trabalho dele ele não pode estar tão presente e daí, acaba sobrando mais pra mim.

Toda mãe tem um momento de fuga, em que quer achar o botão OFF de qualquer jeito.. Qual o seu? Para onde costuma ir e o que faz? Eu sempre tento ter este momento durante o banho, um momento que deveria ser só meu, nem sempre dá certo porque as crianças querem invadir o banheiro, entrar junto, sabe como é, né? Rsrsrs Também procuro encontrar com as amigas, bater papo e dar risada, mesmo que o assunto acabe sendo os filhos, poder desabafar sem medo já ajuda. Fora isso, o blog é meu grande divã, e com as respostas e carinho das leitoras eu me sinto como se a minha consciência sempre me respondesse e me fizesse olhar as coisas por vários pontos de vista, adooooro!

O que você mais inveja (no bom sentido) na vida de quem não tem filhos? Acho que nem é uma questão de “inveja”, mas ás vezes sinto falta de poder sair pra dançar, por exemplo, numa balada de madrugada, beber sem me preocupar com hora, com exemplos, com nada, dá saudade desta época, mas é só olhar a carinha dos filhos que passa!

O que as pessoas que não tem filhos mais invejariam em você? Eu acho que ter filhos é como ter uma luz constante, pode parecer piegas, mas as crianças estão sempre me estimulando a melhorar, a crescer, a conhecer, a descobrir, a amar, isto é uma coisa que não tem preço, é quase indescritível. 

Quais são os seus principais cuidados de beleza? Malha, faz dieta? Eu passei por um processo bemm “hard” de emagrecimento, eliminei 23kg há 2 anos, de lá pra cá, estou sempre me cuidando para não voltar a engordar. Os principais cuidados são com a alimentação diária, estar sempre em movimento, corridinha diária de no mínimo 30min e eu adoro me jogar em Cosméticos e tratamentos modernosos! hehehe

E produtos de beleza? Algum milagroso pra dividir com a gente? Então, adoooro todos da Anna Pegova, o CellSlim é realmente milagroso, ajuda a reduzir medidas mesmoooo e dá uma melhorada boa na celulite, é meu produto de “manutenção” digamos assim. Também gosto das pílulas Cosméticas da Inneov que me ajudam a não reter liquidos e estou testando a linha de dermocosméticos da Valmari que recebi aqui em casa. Adoro maquiagem e não saio de casa sem, acho que o “kit mãe” precisa ser: corretivo para as olheiras, um bom BB cream, um blush básico, rimel e batom, não consigo sair de casa sem isto. 

Comprou algum produto (ou produtos) no enxoval que se arrependeu? E o que você comprou que não abriria mão e amou? Vale de tudo, do fútil ao útil! Nossa, no primeiro enxoval eu acho que só comprei coisas fúteis! A principal delas foi um aquecedor de lenços umedecidos, até hoje eu me pergunto por que raios eu comprei aquilo? No segundo enxoval foi tudo muito mais fácil, eu já sabia o que esperar e então, alem de economizar já fui direto no que realmente importava. A coisa mais útil dos meus enxovais foram as almofadas de amamentação, a salvação de colunas! Acho que mãe de primeira viagem tem que experimentar de tudo, a gente ta sempre dando dicas para ajudar, mas a grande verdade é que cada mãe é que vai saber o que serve e o que não serve para si.

De médica e louca toda mãe tem um pouco? Com certeza! Fazemos diagnósticos, simpatias e tratamentos que super dão certo e se não tiver uma dose de loucura ninguém agüenta esta tarefa!

Complete à vontade, sem dó nem piedade! 

Foi uma grávida muito… medrosa! Morria de medo de tudo, corria pro PS diretoooo!

Depois que virei mãe, eu nunca mais… fumei um cigarro!

Nunca me avisaram que… a maternidade enlouquece, enobrece e amolece!

Sinto-me culpada quando… não consigo dar conta de todas as tarefas do dia. 

Perco a cabeça quando… pessoas que não têm filhos (ou têm filhos já grandes) saem dando conselhos e dizendo o que fazer como se fossem alguma autoridade no assunto. 

Amo muito quando… recebo carinho de filho, beijo, abraço, recadinho de amigas e leitoras me dizendo que gostaram de alguma coisa que escrevi, que fez alguma diferença pra elas. 

Mãe vive ocupada, mesmo assim não abro mão de… cuidar de mim, dos cabelos, do corpo e da mente.

Antes de ser mãe eu…. achava que sabia de quase tudo agora eu … .não tenho certeza de quase nada 

Meu maior defeito, como mãe, é…. estar sempre querendo faze tudo, cuidar de tudo, abraçar o mundo 

Minha maior qualidade, como mãe, é… estar sempre atenta, ouvindo, conversando, explicando e oferecendo colo e carinho.

Ser mãe é…. a melhor coisa da vida! Todo mundo deveria passar por isso para compreender o que é a vida e o que é o verdadeiro amor incondicional.

Eu estou AMANDO fazer esse quadro. Adoro saber como as outras mães encaram o dia a dia e a gente acaba tendo uma identificação natural! Pra ficar ainda melhor, sugiram perguntas que vou procurar melhorar sempre! Obrigada Lore, de coração!

Acessem o Bagagem de Mãe!!!

Beijinhos,
Bia

Deixe um comentário