22jul

Oi. Cadê você?

Nasceu o bebê! Toda aquela atenção e cuidado com a gente, instantaneamente, são transferidos para o mais novo amor da nossa vida. E tem como resistir ao cheiro, aquele aconchego que só a gente consegue dar, e até mesmo ao chorinho? Dá vontade de ficar horas e horas só lambendo a cria.

É super normal, durante as primeiras semanas ou até meses, dar uma desligada nos cuidados pessoais, deixar a vaidade um pouco de lado e focar somente no bebê. Pelo menos comigo foi assim por quase um bom tempo, e não me arrependo.

Porém existe um alerta vermelho que toda mulher precisa estar ligada. E essa sirene deve apitar quando, mesmo após um bom tempo, a vaidade e os cuidados ainda não foram recuperados, ou pelo menos boa parte deles.

mãe-beleza

Claro que a gente muda muito depois da maternidade. As prioridades e a falta de tempo dificultam bastante essa tarefa. E não precisa se culpar por não conseguir manter a mesma rotina! Mas a nossa identidade deve ser mantida. Acho muito triste quando uma pessoa se resume à maternidade. A gente tem que cuidar da gente e desligar de vez em quando, esquecer um pouco do filho não faz mal à ninguém! Muito pelo contrário, acho até saudável.

Nada é certo ou errado, contanto que a gente e as pessoas da nossa volta estejam felizes. O tal alerta deve apitar ao comparar o que você era com o que você se tornou depois de ser mãe. Se essa diferença for gritante, será que não chegou a hora de pensar mais em você?

Eu me considero bem vaidosa. Adoro moda, maquiagem e tudo que é frescura de mulher, e mesmo assim a minha sirene apitou por alguns momentos.

“Ah, mas eu não tenho tempo” … “Não posso sair pra ir ao salão ou academia porque não tenho com quem deixar meu filho”.  Entendo que muita gente passa por isso, e são as desculpas mais perfeitas e convincentes pra dar aquela escapada sem peso na consciência. 

Uma boa caminhada de carrinho todos os dias traz, além de um momento super agradável com seu filho, uma oportunidade de se exercitar ao ar livre. Já viram a quantidade de exercícios que dá pra fazer junto com o bebê? Que tal aproveitar aquela sonequinha pra fazer as unhas em frente da TV? Uma hidratação nos cabelos e nos pés alivia o stress e dá uma sensação ótima, sem falar que é baratinha! Lá no meu IG @agorasoumae eu coloco algumas dicas de produtos baratéx que costumo usar no dia a dia!

Quanto mais a gente se cuida, mais tem vontade de se cuidar. É um ciclo vicioso do bem! E todo mundo agradece, principalmente nossa auto estima e humor! 

  1. Concordo em gênero, número e grau! Ser mãe não é deixar de ser mulher, esposa, amiga, filha, profissional. É mais um papel que a mulher exerce. Lindo papel, talvez o mais nobre!

    Devemos aprender a nos olhar, nos cuidar, nos amar tb após o baby nascer. Eu acho interessante ver comentários maldosos quando alguma famosa volta a trabalhar cedo ou vai para a academia com o bebê pequeno. Poxa, se ela tem quem cuide, e em quem confia pq ela não pode se cuidar e voltar a ser profissional, a cuidar do corpo, a cuidar de si? Precisamos ficar 24 horas por dia em casa de bob na cabeça, roupa suja e desarrumadas pq somos mães?

    Apoiadíssimo teu post!

    Bjo grande!

    1. Obaaa!!!
      Acho que algumas pessoas enxergam a maternidade como um abandono do todo o resto. Discordo também!
      A gente precisa se cuidar, nem que um pouquinho, hehe.

      Beijinhos e obrigada por comentar aqui!

Deixe um comentário