01maio

Dieta na gravidez e na amamentação: pode ou não?

Muita gente fala “agora você tem que comer por dois”. Embora a gente morra de vontade e ame essa desculpa, sinto muito amiga, mas é  MENTIRA! #fuéfué

Uma mulher grávida precisa de 200 a 300 calorias a mais no dia para fabricar o bebezinho. (pooooooxa, só isso?)

Pensando nisso, reunimos umas dicas de alimentação e saúde que podem ser úteis pra você!

A ideia não é comer mais por conta da gravidez, e sim comer melhor de acordo com a necessidade do seu corpo!

Grávidas podem fazer dieta?

Não é recomendado emagrecer na gestação, afinal seu corpo vai usar tudo o que ele tem de melhor para produzir o serzinho dentro de ti.  

A não ser que você tenha engordado muito e/ou tenha agravado algum quadro de saúde, daí o obstetra irá orientar sobre uma possível dieta.

Se esse não for o caso, o ideal é fazer uma dieta equilibrada.

Quando cuidamos da gente melhora muito nossa auto estima. E só quem é/foi gestante sabe da importância de estar de bem consigo! São tantas transformações hormonais, psicológicas e físicas que fica difícil manter-se sã o tempo inteiro, hehe.

O melhor é fazer uma alimentação que inclua todos os grupos alimentares: verduras, frutas (as secas também), legumes, amêndoas, carnes, cereais e os (maravilhosos) laticínios (esses aqui com moderação, desde que você não seja intolerante e que seu médico autorize).

Por mais deliciosa que seja, tente fugir das frituras, principalmente se você sofre com azia.

___________

 

Já durante a amamentação…

 

É importante saber também que seu corpo precisa de uma reserva para o período da amamentação, então se preocupe em balancear os alimentos, mas sem muita nóia com a balança.

Durante a amamentação você vai perder peso naturalmente (oba, oba!), É surpreendente como os bebezinhos engordam só tomando nosso leite… 

Você sabia que se perde até 900 calorias por dia durante a amamentação? (THANKS GOD)

Nesse período o consumo de gorduras saudáveis, como a da castanha e do abacate, são ótimas para o crescimento do bebê.

Uma guloseima de vez em quando… desde que seu médico permita e você e o bebê se sintam bem… Maravilha! 🙂 Ainda assim tente escolher as opções mais saudáveis de doces!

 

Como manter o peso na gravidez?

 

Ah, uma dica que parece bobinha, mas SUPER importante:  seus hábitos alimentares vão determinar também os hábitos alimentares do seu filho.

Então, se você não quiser ter aquelas discussões com ele sobre a importância de comer frutas e verduras, comece a comer já. Sinto dizer, mas uma das poucas verdades que a maternidade me trouxe é que as crianças aprendem muito mais pelo exemplo do que pelas nossas próprias palavras.

Pra finalizar, acho que saúde e bem estar é muito mais do que uma questão de alimentação. Cuidar da gente inclui cuidar da nossa mente, fazer atividades prazerosas e se permitir sem culpa de realizá-las. Mesmo que o tempo que a gente tenha disponível pra isso seja 5 minutinhos, dá pra fazer valer, né? E fica tranquila, esse corre corre logo passa. 🙂

Ah, e sem muita nóia com o corpo, viu? Ele muda muito e muito rápido nesse período.

Curte esse momento que vai deixar saudade!

 

 

Lí algumas dessas informações na FIOCRUZ e no Mães GNT.