O empreendedorismo se tornou uma palavra cada vez mais presente no vocabulário das mães.

Seja pela vontade de ter maior autonomia com seus horários ou pelo desejo da liberdade financeira, cada vez mais as mães buscam soluções para se reinserirem no mercado de trabalho da melhor maneira que conseguirem.

A Agora Sou Mãe é filha de uma mãe empreendedora, e a sua história inspiradora nos motivou a ir atrás de outras mulheres com histórias de superação para contar!

Não esqueça de conferir as outras partes desse projeto:

As histórias de mães que mudaram sua vida empreendendo – Parte I

As histórias de mães que mudaram sua vida empreendendo – Parte II

As histórias de mães que mudaram sua vida empreendendo – Parte III

A maternidade sempre foi uma fonte de inspiração para Bruna e Dulce, que usaram a escrita para compartilhar as próprias experiências através de blogs e redes sociais. Em suas últimas gestações, Bruna, grávida do Cadu e Dulce, do Dudu, surgiu a vontade de sair do contato somente virtual e trazer para a vida real essa experiência, o acolhimento, o atendimento à saúde por profissionais qualificados etc.

Dessa ideia, nasceu o Espaço Mãetamorfose, um local com o objetivo de acolher, oferecendo atendimento profissional especializado, tratamentos, cursos e oficinas destinados àquelas entrando no mundo da maternidade. 

“O Espaço Mãetamorfose é acima de tudo um ponto de encontro para a troca de experiências e conhecimento de qualidade em tudo que se refere a criação de uma família.”

Mariana, logo quando engravidou, passou por uma situação muito difícil para qualquer mãe: a crise da dupla jornada. O emprego formal tomava grande parte do seu tempo, passando horas longe do seu filho e deixava Mariana sonhando com a possibilidade de ter horários mais flexíveis.

“O dia era longo, a noite era curta, o sono era intenso, o filho precisava de mais amor e atenção, as contas não fechavam e as dúvidas sobre o modelo de trabalho tradicional só aumentavam.”

Em 2016 Mariana abandonou o emprego tradicional e investiu tudo na ideia de abrir um negócio. Apostou no mercado de roupas divertidas para bebês, coisa que sentiu falta durante a maternidade. Nasceu então a Colloreh, marca de roupas para bebês bonitas, de qualidade e preço justo.

Junto com a ideia de engravidar e realizar o sonho de ser mãe, veio a iniciativa para que a designer de interiores, Adriana, começasse com o home office.

Especialista em interiores e ambientes infantis, trabalhar de casa em projetos online permite Adriana organizar seus próprios horários para fazer o que mais ama: passar tempo com seu filho e estar presente na criação dele. Mesmo sentindo falta da rede de apoio que dê a ela suporte, permanece firme em seu sonho.

A dica que ela dá para mães que desejam empreender é sempre investir amor e comprometimento no seu negócio. 

O emprego como aeroportuária de Viviane sempre a fazia ter que adaptar o seu tempo a horários malucos e trabalhos com escalas. A motivação para mudar veio do desejo de ter maior autonomia dos seus horários para passar mais tempo com a filha Manuela.

Viviane se dedicou então ao seu amor pela fotografia. Estudou, investiu em equipamentos, e passou a se dedicar ao trabalho como fotógrafa. 

“Continuo buscando aprendizado e aperfeiçoamento, e trabalho cada dia mais apaixonada pelo que faço! Minha Manuela é a maior motivação para continuar! ❤️”

Eloísa sempre quis trabalhar em algo que fosse só dela, onde ela pudesse ser sua própria chefe. Com o nascimento de seu filho, essa vontade só se fortaleceu. Como mãe solteira, Eloísa sempre sentiu a necessidade de estar presente na vida e criação do seu filho.

Mesmo não estando nos planos imediatos, uma sala cedida por uma amiga foi a oportunidade que faltava para Eloísa passar a cuidar do próprio negócio e atender clientes. 

A maior dificuldade foi nas primeiras semanas ficando mais tempo longe de casa, mesmo que de forma flexível a gente sempre sente!


Pin It on Pinterest

Compartilhe!