Organização não é algo natural da minha personalidade. Dentro de mim mora um F5 pronto para bagunçar a qualquer momento!

Mas é uma necessidade imensa na minha vida. A verdade é que bagunça me irrita. Não consigo raciocinar no meio dela!

Perdia muito tempo me “encontrando” na bagunça e, por isso, decidi tomar uma atitude e colocar um pouco de ordem na minha casa.

Já melhorei muito, principalmente depois que aprendi algumas técnicas com uma amiga, personal organizer por vocação, que passou um fim de semana aqui comigo colocando tudo nos trinques!

Organizar quarto de criança é ainda mais complicado. É tanta tralha, brinquedos, lápis e papel, livros, mais brinquedos, coisas de bebê…

Sem falar nas roupinhas, quase sempre compradas em excesso! E naquelas tranqueiras que a gente precisa guardar, caso venha outro filhote.

Separei algumas dicas legais e práticas que aprendi e funcionaram aqui em casa. Espero que te ajude também!

Como organizar o quarto da criança

1 – Use etiquetas

Para deixar tudo organizado, nada melhor do que etiquetar o local onde vão ficar as roupinhas e separá-las por categoria.

Tem gente que usa a maquininha de imprimir ou faz no computador. Eu fiz à mão e funcionou.

Faço para cada tipo de roupa. Ex.: manga comprida, manga curta, casacos, calças, uniforme, acessórios etc.

organização-quarto-infantil-etiquetas

2 – Separe os brinquedos por categorias

Uso cestinhas para organizar os brinquedos pequenos (você pode usar caixas de acrílico também).

Uma boa dica é fixar cestinhas vazadas na parede com ganchinho adesivo.

Fica fácil de acessar e a criança consegue organizar sozinha.

brinquedos-cestinhos-organizar

cestinhas-parede-ganchos

DSC01303

3 – Não deixe acumular

Essa é a regra máxima da organização e serve pra tudo!

Tenho uma caixa para guardar as peças que ficam pequenas e vou armazenando ao longo de um período (normalmente faço isso entre 3 e 6 meses) depois encontro um destino pra elas – doação, guardo em outro lugar, tudo menos o armário!

Isso evita que as peças fiquem misturadas e assim não perco uma longa tarde separando as roupinhas, como era de costume.

caixa-organizadora-armário

4 – Guarde os sapatos em caixas para botas

Comprei essas caixas acrílicas pra organizar minhas botas, mas quando olhei pra elas pensei que elas seriam perfeitas pra armazenar os sapatinhos (que já não são tão “inhos” assim) do Dudu.

Como não tinha muito espaço pros sapatos dele, achei uma ótima solução. Cabe vários pares e, como a caixa é transparente, deixa bem à mostra.

DSC01310

DSC01311

DSC01312

5 – Papelaria em outro lugar

Tenho uma caixa que chamei de “Artes do Dudu”. Ali eu deixo os lápis, papeis, cadernos, adesivos, tudo o que ele vai usar pra fazer qualquer trabalhinho artístico.

Assim nada se mistura e ele já sabe onde encontrar quando vai pintar. Acabou, guarda tudo!

caixa-organizadora-infantil

6 – Elimine as tranqueiras

Como eu moro em apartamento, todo espaço aqui é luxo, então não posso sair guardando tudo o que acho importante.

Doei muita coisa, praticamente tudo que o Dudu tinha. A única coisa que ainda tenho comigo é o carrinho, que usamos só em viagens.

Hoje em dia, me arrependo de ter me livrado de alguns itens, que podem ser úteis em uma possível nova gravidez.

Por isso, em uma próxima posso considerar um serviço de Self Storage.

Em São Paulo existe a StokArea, que tem opção de tamanhos e valores acessíveis e pode te ajudar a guardar suas tranqueiras e deixar na sua casa só o que você realmente precisa.

Lá você pode calcular o espaço que precisa já no site, estimando os tamanhos das caixas – que podem ser empilhadas.

Os espaços disponíveis para aluguel vão desde 1,5m até 500m e os preços começam com R$ 90,00 mês.

E é 100% seguro: você recebe a chave do espaço onde estão suas coisas e ninguém além de você tem acesso a elas.

É o destino ideal para os objetos do seu filho que estão sem uso enquanto o irmão não chega ou até a coleção de carrinhos do seu marido que só fica juntando poeira.

Os planos da StokArea podem ser feitos em contratos mínimos de 1 mês.

Ótima opção para quem mora em São Paulo – e fica o apelo das catarinenses para a empresa: #vemparaSC!

POST PATROCINADO

 

Pin It on Pinterest

Compartilhe!