A crença de que “quando nasce uma mãe, nasce uma empreendedora” vem sendo cada vez mais difundida pelo mundo, mas de onde vem essa conexão da maternidade com o empreendedorismo?

Metade dos novos empreendedores no Brasil são mulheres, sendo que 68% das mulheres buscaram a opção de empreender depois da maternidade. Mas não podemos romantizar: infelizmente o mercado de trabalho é pouco acolhedor para as novas mamães, e até 50% são demitidas até dois anos após tirarem a licença maternidade

Os motivos são vários e vão desde a independência financeira até a vontade de conciliar o trabalho com as demandas familiares para poder passar mais tempo com os filhos. Ter domínio sobre os próprios horários, poder participar ativamente da rotina dos filhos e da casa

Por isso o empreendedorismo se torna cada vez mais atraente! A liberdade financeira aliada a uma maior versatilidade da rotina cai como uma luva no período da maternidade.

Ser mãe já não é fácil, imagina ser mãe e empreendedora! O trabalho é intenso e às vezes fica difícil conciliar com a rotina do bebê. Ainda assim, o número de mães buscando sua independência financeira e mais tempo com os filhos por meio do empreendedorismo só aumenta.

Essas mulheres sonham, se reinventam, correm atrás e fazem acontecer! Talvez nem sempre da maternidade nasce uma empreendedora, mas com certeza nasce uma guerreira.

Agora conta pra gente: que oportunidades a maternidade abriu para você? 🥰

Pin It on Pinterest

Compartilhe!