Um dos objetivos da nossa viagem era esquiar (ou ensaiar uma esquiada :P). Comecei a procurar então estações de ski pelos Estados Unidos que tivessem alguma estrutura pra crianças.

Escolhemos a Hunter Mountain porque além de ser perto – duas horas de carro – de NY era o trecho aéreo mais barato da vez. Unimos o útil ao agradável e matamos dois coelhos com uma viajada só. Dormimos uma noite na montanha porque achamos que seria cansativo fazer bate e volta. Ainda bem, seria a maior função mesmo! Alugamos o carro somente pra ir pra Hunter Mountain (estacionamento em NY é raridade e custa caríssimo), pegamos o carro pertinho do nosso hotel e devolvemos no aeroporto.

A estrada é linda, tem uns trechos de água congelada, neve, árvores. Tinha horas que parecia bruxa de Blair, às vezes meio bucólico, mas sempre lindo de apreciar (ou ter medo, depende de como você encara a vida, haha).

 

villa-vosilla-hotel

O Hotel

Ficamos num hotel boutique chamado Vila Vosilla. A estrutura do hotel é bem legal: piscina aquecida, sala de jogos e brinquedos, academia, decoração charmosa, restaurante ótimo dentro do hotel, café da manhã incluso na diária. Era a melhor opção com disponibilidade na cidade. Sem falar que é uma fofura! Tem um restaurante anexo que é MARAVILHOSO, o Ladoria. Jantar e café da manhã fora do comum.

 

Só o quarto que não era lá aquelas coisas. Mobília antiga, pequeno, sem falar que ficamos no segundo andar e não tinha elevador pelo estilo mais rústico do hotel (prepara o músculo com as malas pra 20 dias de viagem!). Ah, e o chuveiro pra lá de temperamental. Mas ainda assim foi tranquilo, como não tenho tantas frescuras (e foi só por uma noite). Mas existem quartos maiores, só que não tinha nenhum disponível.

 

*** Uma SUPER dica na hora de reservar hoteis nos EUA: Quando eu cotava pra dois adultos e uma criança a diária ficava cerca de 250 reais mais cara. Lá eles cobram por quarto e não por pessoa, então reservei tudo pra dois adultos (sem criança). A maioria dos quartos tem duas camas de casal. E caso levarem o azar de ter só uma cama, peçam cama extra. Nosso hotel de Nova Iorque tinha duas camas de casal (bingo!), mas esse só tinha uma. Como era só por uma noite, preferimos compartilhar a cama do que pagar a diferença. E tava frio mesmo, bora amontoar! Haha.

 

Esquiando!

FullSizeRender-1 FullSizeRender-2esquiar-new-york-criancas

 

Chegando em Tannersville – a cidade perto da montanha, fomos pra piscina do hotel, jantamos no Ladoria e fomos dormir.

Pedi um spaghetti e Tiago foi no Filet Mignon (Dudu ganha um prato extra e come a comida dos dois, zero desperdício :P). Amamos a comida, super saborosa. (não tirei foto porque estava sem bateria #blogueirafail)

Pela manhã tomamos um bom café. Eu e Tiago fomos de panquecas, Dudu de torradas com queijo e presunto. Outra delícia.

Partimos então pra estação de Hunter Mountain. Foi uns 8 minutinhos de carro.

Chegando lá fomos direto pro guichê alugar equipamentos (lembrando que óculos e roupas não estão disponíveis pra aluguel, apenas skis e capacetes). O pacote de Ski por pessoa com aluguel foi de 80 dólares: 240 doletas a família.

Nunca tinha esquiado na vida. Por isso fui de Ski normal e Dudu também. Tiago sabichão foi de snow.

Amei a experiência e arrisco dizer que já sei me virar!

Já pro Dudu, foi um pouco frustrante. As crianças eram muito ninja e ele mal conseguia se mover. Começou todo empolgado e depois que viu que o buraco era mais embaixo, partiu pra choradeira. Insistimos, tentamos, mas não rolou. Tiago e eu então partimos pro revezamento. Uma hora ele ia esquiar e eu ficava com Dudu, outra hora eu ia.

Acho que ele é muito novinho e não deveria ter pago as 80 suadas doletas pra ele.

Almoçamos lá na estação mesmo. Comemos um hot dog americano e Dudu foi no popcorn Chicken (ou nuggetão mesmo!). De so
bremesa um cookie. Saudável. Favorável! Hehe.

esquiando-criancas-newyorkO ponto alto – e que fez qualquer frustração do Dudu ir pro beleléu – foi o SnowTubing. Nada mais é do que uma boia que te faz descer a mil por hora uma morreba de neve. Ele pirou de felicidade! Toda a família amou. Aqui foram mais 20 dólares por pessoa, só pra constar…

Saímos da estação de Ski e fomos jantar. Escolhemos uma hamburgeria chamada Mama`s Boy. MUITO bom! Hamburger caseiro, pão no estilo Shake Shack e um lugar fofo demais. A batata frita também era deliciosa. Achei o máximo porque eles incentivam os produtores locais, então a maioria dos insumos do restaurante vêm da região.

Pin It on Pinterest

Compartilhe!